Bem-Vindos ao Novo Site do Visite Urucânia!
Clique aqui para ouvir o texto

Calendário

.

1 de Outubro: Dia Internacional do Idoso

1.574 visitas

1º De Outubro: Dia Nacional e Internacional do Idoso

O Dia Nacional do Idoso foi estabelecido em 1999 pela Comissão de Educação do Senado Federal e serve para refletir a respeito da situação do idoso no País, seus direitos e dificuldades.

A data comemorativa é importante para lembrar os avanços em relação à qualidade de vida dessas pessoas e das condições que elas precisam para viver bem. O Ministério da Saúde afirma que as principais diretrizes que vem sendo utilizadas para a atenção integral à saúde do idoso é a promoção do envelhecimento ativo e saudável, a manutenção e reabilitação da capacidade funcional e o apoio ao desenvolvimento de cuidados informais.

Alguns cuidados são necessários para se manter uma vida saudável e ativa nessa faixa etária. Afinal , quando se fala em envelhecimento saudável e ativo, o que leva a uma pessoa ter o envelhecimento com melhor qualidade é a vida que ela levou ou que ela teve. Isso inclui bons hábitos de vida, alimentação de qualidade e saudável, atividade física, diminuição ou retirada do tabagismo, do uso de bebidas alcoólicas e se manter ativo da melhor maneira possível.

A convivência social estimulante, a busca de atividades prazerosas que diminuam o estresse e a diminuição significativa da automedicação também são importantes para uma vida saudável. Um idoso saudável tem sua autonomia preservada, tanto a independência física e psicológica.

Enfim, o avanço da medicina e a melhora na qualidade de vida são as principais razões dessa elevação da expectativa de vida em todo o mundo.

Apesar disso, ainda há muita desinformação sobre as particularidades do envelhecimento e o que é pior: muito preconceito e desrespeito em relação às pessoas da terceira idade, principalmente nos países pobres ou em desenvolvimento. No Brasil, são muitos os problemas enfrentados pelos idosos em seu dia-a-dia: a perda de contato com a força de trabalho, a desvalorização de aposentadorias e pensões, a depressão, o abandono da família, a falta de projetos e de atividades de lazer, além do difícil acesso a planos de saúde.

A população no mundo está ficando cada vez mais velha e, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), por volta de 2025, pela primeira vez na história, haverá mais idosos do que crianças no planeta.

 

Fontes:

portal.saude.gov.br

www.portaldafamilia.org.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Click to listen highlighted text!