Bem-Vindos ao Novo Site do Visite Urucânia!
Clique aqui para ouvir o texto

Nossa Gente

.

Jurandy Pereira Giardini (Dona Nenzinha)

3.218 visitas

donanenzinha

Jurandy Pereira Giardini, carinhosamente chamada de Dona Nenzinha, nasceu na cidade de Rio Casca no dia 07 de Agosto de 1928. Filha de João Pereira da Silva (Sr. Janjão Pereira) e de Maria Braga Pereira (Dona Zinha), além de Dona Nenzinha, o casal teve mais 7 filhos: Iracy, Coracy, Juracy, Itacy, Jacy e Aracy.

Morou na fazenda “Conquista” onde fez o primário com as professoras Dona Rizoleta e Dona Anita, época em que fez sua 1ª comunhão com Padre Antônio Ribeiro Pinto.

Estudou na Escola Nossa Senhora Auxiliadora, na cidade de Ponte Nova onde concluiu o Curso de “Adaptação”, hoje conhecido como Ensino Fundamental.

Casou-se em 03 de Outubro de 1946 aos 18 anos com Agenor Giardini com quem teve 8 filhos: Vanda, Eriberto, Maria Ângela, Gilberto, Maria de Fátima, Maria Cristina, Roberto e Welinton, sendo sempre uma esposa dedicada e mãe zelosa. Sua mãe, Dona Zinha, foi seu grande exemplo e procurou passar aos seus filhos os valores do bem viver e conviver. Enfim, a importância do ser. Ensinamento este, que Dona Nenzinha absorveu com muita sabedoria.

Ficou viúva em 25 de Janeiro de 1986, mas apesar de toda tristeza, Dona Nenzinha não se deixou abater. Seguiu em frente, pois tinha a responsabilidade de dar à sua família o suporte necessário para continuar a vida.

Conhecida na cidade como uma mulher de fé, Dona Nenzinha dedica parte de seu tempo a evangelizar como Ministra da Eucaristia na Paróquia juntamente com outras Ministras, chegando muitas vezes a realizar celebrações quando necessário.

Mas sua bondade vai muito além, uma vez que leva àqueles que se encontram impossibilitados em suas casas o Corpo de Cristo, demonstrando sempre sua preocupação para com o próximo.

Portanto, podemos concluir que Dona Nenzinha é um grande exemplo a ser seguido pelas novas gerações, pois continua uma mulher forte, alegre, vigorosa e admirável. Um modelo de mãe, avó (18 netos) e bisavó (8 bisnetos).

Hoje, aos 84 anos, vive rodeada de amigos, tendo uma vida de alegrias e muitas histórias que só contribuíram para que constituísse uma família estruturada no caráter, honestidade e principalmente união.  Enfim, um exemplo para toda a sociedade urucaniense.

Colaboração:
Texto: Vanda Lúcia Giardini
Colaboração: Rita de Cássia Araújo

6 comentários para Jurandy Pereira Giardini (Dona Nenzinha)

  1. Tia Nenzinha, parabéns! A senhora merece essa homenagem…, mulher guerreira…

  2. Vó Nenzinha, a base da família.

  3. Madrinha Nenzinha,
    É muito justa e merecida esta homenagem feita à senhora. Tenho orgulho de ser sua afilhada de crisma. Sinto saudades dos tempos de criança em que frequentava sua casa para brincar com suas filhas e aproveitávamos para conversar.
    Recordo-me perfeitamente do quartinho de doces, que para mim, era “o quartinho dos sonhos”.
    Que Deus lhe dê muita saúde e felicidades sempre!!!
    Abraços, Marly.

  4. Dona Nenzinha é mulher de fé, sempre zelosa com a Eucaristia e a Palavra de Deus.

  5. Parabéns, Tia Nenzinha!!!!!

  6. SIMPATIA E HUMILDADE EM PESSOA….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Click to listen highlighted text!