Bem-Vindos ao Novo Site do Visite Urucânia!
Clique aqui para ouvir o texto

Nossos Casos

.

Um Pouco Mais Sobre Urucânia

1.418 visitas

Urucânia é uma cidade recheada de histórias. Contadas por diversas pessoas de diversas gerações, as versões de como tudo começou mudam de acordo com a idade de cada narrador. O site Visite Urucânia, continua prestigiando os alunos do Projeto Literatura de Cordel da Escola Estadual Professor Manuel Rufino, coordenado pela Professora de Língua Portuguesa, Ivani Mansur.
Segue abaixo, mais uma das diversas histórias que a nova geração pesquisou, escreveu e chegou à própria conclusão. Mais uma vez, parabéns a todos que escreveram pela iniciativa de resgatar os casos, os contos e encantos do nosso município.

 

Um Lugar Que Foi Crescendo…

Tudo Começou no meio de uma roça,
Onde havia uma pequena Igreja,
Estradas, pessoas e carroça.

Bem lá no meio daquela roça singela
Havia essa pequena Igreja que parecia
Uma capela aonde todos iam ou visitar
Ou para fazer uma pequena oração!

Nesse lugar havia pessoas que,
Hoje em dia não estão mais aqui.

Umas foram embora, outras não se veem nunca mais.
Mas houve uma grande pessoa que não devemos jamais esquecer:
O Padre Antônio Ribeiro Pinto.

Um grande homem que fez muitos milagres,
Fez com que muitos andassem ou até mesmo falassem!

Muitas pessoas foram habitando nesse lugar,
Fazendo morada, casa, criando animais e até mesmo sua vegetação.
O lugar foi crescendo e muitas pessoas aparecendo!

Até então, o lugar não havia um nome concretizado.
Alguns chamavam de urucum
Pois havia muito urucum por aqui,
Ou seja, uma fruta muito popular por ali.
Mas havia cana por aqui também;
Então perceberam que havia uma plantação muito grande de cana e de urucum.
Então resolveram misturar urucum com cana e deu Urucânia.

E até hoje temos essa privilegiada cidade,
Onde muitas pessoas vivem abrigadas e tem suas famílias.
Não é uma cidade grande e nem pequena,
Mas um lugar onde todos vivem felizes.

Essa cidade se chama Urucânia !!

Autora: Perla Eduarda Martins – Aluna do 7º ano B

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Click to listen highlighted text!